segunda-feira, 21 de junho de 2010

Boeuf Bourguignon


Como eu havia falado sobre a “Cozinha a 4 mãos” eu e Ramon estamos cheios de idéias e entusiasmo. E com o nosso bom entendimento na cozinha, nossa segunda escolha foi o Boeuf Bourguignon.

Para quem nunca ouviu falar o Boeuf Bourguignon é originário da região da Borgonha. Feito com cubinhos de carne bovina marinadas no vinho, cebolinhas e cogumelos, este que virou um clássico nos principais restaurantes franceses.


Agradecemos a Kris http://www.cozinhandopararelaxar.com/ de onde tiramos a receita e fizemos esse prato que foi um sucesso! Um prato trabalhoso, pois exige que você comece o preparo com antecedência, mas muito saboroso...


Esse prato exige 3 etapas:

1ª etapa: marinado...

- 1 1/2 kg de carne (paletão, alcatra, coxão de dentro) cortados em cubos grandes.
* usamos o paletão conforme receita, mais sugiro que use o coxão de dentro, pois é mais fácil de limpar e provavelmente mais macio. Ramon perdeu um bom tempo e parte da carne limpando.
- 1 garrafa de vinho tinto (borgonha, de preferência o pinot noir) como não achamos usamos Casillero Del Diablo, chileno.
- 1 cenoura em cubos.
- 1 cebola com 4 cravos da índia.
- 1 bouquet garni (usei salsão, louro, tomilho, alecrim e salsa).
- Sal e pimenta a gosto.
Com esses ingredientes faça uma marinada e deixe por 24 horas.



2ª etapa: caldo de carne


- 1 batata cortada em cubos
- 3 talos de salsão
- 2 cenouras em cubos
- 1 cebola
- 4 dentes de alho
- talos de brócolis
- 1/2 kg de músculo (usamos as sobras do paletão)


Cozinhe por 3 horas mais ou menos, sempre tirando com a peneira a espuma que forma. Coe o caldo e reserve 1 litro. O restante pode congelar.


3ª etapa: cozimento


- 2 colheres de manteiga
- 150 g de bacon em cubos
- 1 bandeja de cogumelo Paris
- 2 colheres, das de sopa, bem cheias de farinha de trigo
- 1 colher, das de sopa, bem cheia de extrato de tomate
- 1 litro de caldo de carne
- 20 echalotes (cebolinhas) descascadas
- 1 colher, das de sobremesa, de açúcar
- 1/2 xícara de água

Escorra os pedaços de carne em uma peneira (mais não jogue fora o caldo com vinho).

Aqueça uma panela de ferro e acrescente 1 colher de manteiga e o bacon em cubos. Espere o bacon dourar, retire e reserve.
Acrescente 1 bandeja de cogumelo Paris na gordura do bacon e cozinhe por 3 minutos. Retire o cogumelo e reserve.
Na mesma panela, bem aquecida, doure os pedaços de carne, aos poucos. Assim que todos os pedaços estiverem dourados, peneire 2 colheres de farinha de trigo sobre a carne e cozinhe, mexendo, por 3 ou 4 minutos.
Coloque 1 colher de extrato de tomate e toda a marinada da carne (aquele caldo de vinho), inclusive o bouquet de ervas. Mexa bem, cozinhe por 10 minutos e acrescente 1 litro de caldo de carne. Tampe a panela, abaixe o fogo e cozinhe por 2 horas, aproximadamente. Pingue caldo de carne, se necessário.

Enquanto isso...

Aqueça uma panela com a manteiga e salpique o açucar , deixe caramelizar e acrescente as echalotes (cebolinhas). Refogue as echalotes por 1 minuto e acrescente 1/2 xícara de água e cozinhe as echalotes até elas ficarem macias. Reserve.
Passadas as 2 horas, sempre verificando para a carne não grudar no fundo e adicionando o caldo de carne se necessário, quando a carne estiver macia retire o bouquet garni da panela e acrescente o bacon e os cogumelos reservados. Ferva por 2 minutos e sirva, com as echalotes por cima.

Fizemos o acompanhamento com arroz branco, batatas grelhadas na manteiga e brócolis.

Bon Appétit!!!!
** Agradecemos a cia do Lucas e da Grasi...espero que tenham gostado!!!

8 comentários:

Kris Nardini

Que delícia ver uma receita do Cozinhando para Relaxar aqui, Xanda! Melhor ainda foi ver o resultado... ficou com uma cara maravilhosa!!! Vocês arrasaram, parabéns.
Eu não sei se tem diferença de lugar para lugar mas, aqui em Uberlândia o paletão vem totalmente limpo, sem nenhuma gordura ou nervo. Por isso é minha carne preferida. Vou fotografar da próxima vez que comprar e te mostro. Eles devem ter te vendido paletinha no lugar de paneltão. Essa sim vem bem suja.
Um beijão!

Alexandra Y. Tostes

Oi Kris... deve ter essa diferença sim... Por ex. no Rio o coxão de dentro se chama chã... vai ver por isso tinha tantos nervinhos... Mais ficou uma delícia mesmo assim... Estou doida para repetir a dose :P Obrigada mais uma vez!! Um bjão!

Ly Yoshida

Nossa Xanda... Estou sem palavras!!!
.....................................…… hehehehehe
Voltaram agora rs, bem super parabéns para vocês.
O resultado ficou incrível e parece ter ficado super delicioso.
Que bom vc estar se dedicando nisso, pq vc é Mara na cozinha.
Parabéns e saudades... Vamos ver se qdo vc vier aqui a gente prepara algo super delicia para o seu blog... Com participação especial da 2 outras mãos...Ly Yoshida rs
bjkas

Alexandra Y. Tostes

Agora quem ficou sem palavras fui eu... Obrigada pela força...Dedico esse blog a vcs que tanto me apoiam... bjos

Carol - Yume

Que que isso???!!!

Nana isso não é um prato... é uma obra de arte.!

Parabéns à você e ao Ramon por terem preparado está verdadeira delícia... fiquei aguada para provar...

Estou orgulhosaa!!!

Te amo muitoooo

PS.: Quando vier ao Rio cozinharemos à 8 mão
AS YOSHIDAS

Ramon

Pronto! Todo mundo agora querendo roubar minhas 2 mãos...hehehe. Brincadeira...

Só pra avisar, por aqui tudo certo pro próximo, no final de semana, Xanda.

Lucas Pereira

Eu gostei muito. Comi e aprovei.

Só faltou uma farofinha! hahahahaha :P

E o que tu vai fazer pra eu comer, no sábado? O Ramon podia fazer alguma coisa, já que ele gosta de dizer que a cozinha é a quatro mãos...

Grasi Herold

Aprovadíssimo!!!

Uma delícia..O jantar foi espetacular,tudo de bom...

  © Template Recipes by Emporium Digital 2008

TOP